Stanislavski revivido

Lançamento do livro “Stanislavski revivido”, de Ney Piacentini e Paulo Fávari. Terça-feira (9/12), às 19 horas, na SP Escola de Teatro, que fica na Praça Roosevelt, 210, Centro – São Paulo.


Capa Stanislavski revivido

O ano chega ao fim com uma notícia muito boa: lanço meu primeiro livro, em co-organização com meu amigo Ney Piacentini!
O lançamento será na próxima terça-feira (9), às 19 horas, na SP Escola de Teatro, que fica na Praça Roosevelt, 210, Centro – São Paulo. Confirme a presença no evento no Facebook.

Stanislavski revivido é fruto do Seminário 150 anos de Stanislavski, que aconteceu durante três noites em dezembro do ano passado na SP Escola de Teatro e reuniu pensadores, praticantes e amantes de teatro para debater o legado e a atualidade de Stanislavski. O livro, organizado por mim e por Ney Piacentini, ator da Companhia do Latão, e publicado pela Giostri Editora, contém as seis palestras e um compilado por noite dos debates entre palestrantes e plateia. Além disso, o apêndice conta com a tradução inédita de exercícios stanislavskianos contidos no livro La ligne des las actions physiques, da pesquisadora francesa Marie-Christine Autant-Mathieu.

As palestras são dos seguintes pensadores de teatro:
– Marie-Christine Autant-Mathieu (diretora de pesquisa do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) e professora na Paris III – Sorbonne)
– Sérgio de Carvalho (professor na USP e dramaturgo da Companhia do Latão)
– Maria Thais (professora na USP e diretora da Cia Balagan)
– Marco Antonio Rodrigues (professor-encenador na Escola Superior de Artes Célia Helena e do Teatro Escola Célia Helena e fundador do coletivo teatral Folias D’Arte)
– Diego Moschkovich (graduado em Artes Cênicas pela Academia Estatal de Artes Cênicas de São Petersburgo (LGITMiK), na Rússia, pesquisador e tradutor, do russo para o português, do livro Do teatro, de Meierhold)
– Eduardo Tolentino (diretor teatral e um dos fundadores do Grupo Tapa)

Compareçam!

Convite_Stanislavski revivido

Autor: Paulo Fávari

Paulo Fávari é mestrando em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da USP com o tema O trabalho experimental de Chico de Assis nos anos 1960: direção, dramaturgia e pedagogia, sob orientação do professor Sérgio de Carvalho. É também pesquisador do Laboratório de Investigação em Teatro e Sociedade (LITS). Graduado em Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s