Mas eu não conheço essas cervejas diferentes…


Frequentemente amigos me dizem que não gostam de cerveja. Quando os questiono sobre o porquê, as respostas quase sempre giram em torno do gosto amargo da bebida. Alguns comentam que já tentaram gostar de cerveja tomando-a estupidamente gelada, acompanhada de aperitivos como o cu-de-burro (mistura de suco de limão sem água com sal) ou comprando marcas um pouco mais caras de Pilsen. A resposta que dou é: talvez você não tenha experimentado o tipo de cerveja mais adequado ao seu gosto. E paro aí. Agora que estou de férias e que este blog está um pouco parado, resolvi montar um guia rápido com algumas informações básicas para iniciantes e curiosos do mundo cervejeiro. Não, eu não sou nenhum degustador, sou um curioso e amante da bebida. Baseio minhas dicas apenas no que já vivenciei e, portanto, pode ser que nem tudo esteja 100% correto, mas já é alguma coisa.

Índice
Ingredientes x sabor
O(s) copo(s)
Sabor x temperatura
Dicas para gostar de cerveja

O primeiro ponto que é essencial deixar claro é que Pilsen não é sinônimo de cerveja. É o tipo mais consumido no mundo (e no Brasil também), mas as Pilsen são um sub-tipo das chamadas Pale Lagers, que por sua vez pertencem ao gênero das Lagers. Ok, mas o que é isso? As Lagers são cervejas de baixo teor acoólico, fermentadas em temperaturas que vão de 6º a 12º C, com temperatura ideal de consumo entre 0º e 4º C em e geralmente têm como ingredientes malte, lúpulo e cevada. Geralmente.

Principalmente aqui no Brasil, como o custo destes ingredientes é alto, para baratear são usados outros cereais mais baratos e abundantes (milho, arroz, etc). A função deles é fazer com que o teor alcoólico seja atingido, do contrário, elas ficaríam muito fracas. Confira nos rótulos, se há um “cereais não maltados” é por isso. Quase todas as cervejas industriais brasileiras (Skoll, Brahma, Nova Schin, etc) e algumas marcas importadas (Budweiser, por exemplo) lançam mão desse recurso.

Acontece que essa opção gera consequências. Como há esses cereais não maltados e a qualidade dos demais ingredientes não é das melhores, o gosto da Pilsen também fica prejudicado. Por isso, o marketing criou uma cultura de que cerveja deve ser servida estupidamente gelada, o que faz com que suas papilas gustativas fiquem adormecidas e, consequentemente, você não sinta tanto o gosto (que não é muito bom) da bebida. Para refrescar, estas cervejas cumprem bem o seu papel, já para saborear…

Uma dica que dou quanto às Pilsen é dar uma olhada no rótulo antes de comprar para saber se ela tem ou não cereais não maltados. Procure optar pela que não tiver, elas são mais caras mas gastar alguns centavos a mais compensa. Se você não acredita nisso que disse faça o teste: compre uma com cereal não maltado que mais te agrada e outra sem cereal não maltado, tome as duas (sugiro a sem ceral naõ maltado antes) e sinta a diferença. Aliás, outra dica: pode parecer óbvio, mas a melhor forma de se conhecer cerveja é tomando.

Avançar: Ingredientes x sabor

Autor: Paulo Fávari

Paulo Fávari é mestrando em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da USP com o tema O trabalho experimental de Chico de Assis nos anos 1960: direção, dramaturgia e pedagogia, sob orientação do professor Sérgio de Carvalho. É também pesquisador do Laboratório de Investigação em Teatro e Sociedade (LITS). Graduado em Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s