Carta de apoio do CACOFF (Unesp Bauru)


Texto integral da carta de apoio do Centro Acadêmico de Comunicação Florestan Fernandes (CACOFF), da Unesp Bauru.

CARTA DE APOIO AOS ALUNOS DA USP (CACOFF)

O CACOFF, Centro Acadêmico de Comunicação Florestan Fernandes, da UNESP de Bauru explicita nesta moção seu apoio aos estudantes em greve da USP. Entendemos a ação como legítima, uma vez que os mesmos decidiram em assembléia entrar em greve geral como reação às atitudes da Reitoria, que culminou na vergonhosa ação policial de reintegração do prédio. Também entendemos que os métodos utilizados na operação da PM, que prendeu mais de 70 estudantes, são inadequados, antidemocráticos e opressores. Solidarizamos-nos com o ocorrido e saldamos os alunos da ECA, da FAU, da FEA e da São Francisco que, dando continuidade à decisão da assembléia, votaram pela greve em suas unidades. Julgamos a forma arbitrária e autoritária com que a gestão do reitor Grandino Rodas tem administrado a USP como a principal responsável pela situação atual. As ações tomadas por Rodas condenam os alunos, funcionários e professores ao cerceamento do seu livre direito de expressão. Direito este, fundamental para a existência plena da democracia. Por este motivo, apoiamos integralmente as lutas pelo pleno exercício das atividades democráticas. Toda a comunidade uspiana, assim como toda a sociedade, tem direito a mais segurança. Entretanto, essa segurança não será obtida por meio da força e de métodos repressivos utilizados massivamente pela PM. Historicamente, os alunos apresentam sugestões simples como aumento do efetivo da guarda universitária, melhor iluminação e aumento dos circulares, mas não são ouvidos. Ao contrário, foram forçados a aceitar o tratamento violento e preconceituoso praticado pela PM. Assim como nossos colegas uspianos, o Movimento Estudantil da Unesp de Bauru, apresentou uma série de medidas ao Grupo Administrativo do Campus de Bauru que também não foram ouvidas. Porém, cremos que por meio da união, da mobilização e do esforço político, conseguiremos que nossa voz seja ouvida e finalmente daremos uma aula de democracia para nossos governantes!

Autor: Paulo Fávari

Paulo Fávari é mestrando em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da USP com o tema O trabalho experimental de Chico de Assis nos anos 1960: direção, dramaturgia e pedagogia, sob orientação do professor Sérgio de Carvalho. É também pesquisador do Laboratório de Investigação em Teatro e Sociedade (LITS). Graduado em Jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s